CRAS I do bairro Progresso desenvolve ações que vão além da entrega de cestas básicas

Dando sequência aos trabalhos voltados a população, o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS I – Progresso), localizado na Rua Santa Marta, na Estação Cidadania- Cultura (ECC), conhecida como praça do CEU no bairro Progresso, realiza trabalhos que vão além da entrega de cestas básicas. O objetivo da equipe do espaço é manter um vínculo com as famílias e atender as demandas dos moradores. As ações são voltadas para encaminhamento de trabalhos, educação e saúde.

A coordenadora do CRAS I, Janaina Bonzani reforça que é preciso ter um olhar atento com as famílias. “Nós precisamos manter um contato com as famílias de 15 em 15 dias, agora com a pandemia não conseguimos fazer tantos encontros presenciais para as rodas de conversa. Mas a gente faz reuniões, conversas sobre direito das mulheres e INSS por exemplo. Como a maioria não tem internet, eles vêm até o CRAS para ter acesso a esses serviços. E aqui a gente faz todo o acompanhamento com a família, é um trabalho que vai além da entrega das cestas básicas”, explica.

O CRAS atualmente conta com uma equipe de quatro assistentes sociais, dois pedagogos, dois estagiários, uma psicóloga e um agente executivo. A média é de 1.100 atendimentos por mês. O horário de atendimento é das 7h30 às 17h de segunda à sexta-feira. O telefone para contato é o (54) 3520-7053 ou pelo e-mail [email protected].

Crianças e adolescentes

Para as crianças e adolescentes é desenvolvido o serviço de convivência e fortalecimento de vínculo, que busca o acompanhamento das atividades dessas crianças. O papel da assistência social voltada a essas idades não ocupa o papel da escola, mas sim de dar um suporte com atividades lúdicas extraescolares.

Cadastro Único

O acesso a programas sociais do Governo Federal se dá através do Cadastro Único. Para receber os auxílios e entregas das cestas básicas a família precisa estar cadastrada no programa. Quem tem direto são: famílias com renda familiar total de até três salários mínimos, meio salário mínimo per capita ou famílias que tiverem integrantes do Benefício de Prestação Continuada.

Para fazer o cadastro é preciso de RG e CPF dos integrantes da família que residem no mesmo endereço e conta de luz. O cadastro pode ser feito também na Secretaria de Assistência Social que fica localizada na Av. Salgado Filho, 227.

Por Assessoria de Comunicação 
Você pode gostar também

  • https://cast.youngtech.radio.br/radio/8070/radio
  • https://jornalboavista.com.br/radioculturafm/
  • Rádio Cultura Fm - 105.9 Erechim - RS