“Na crise é que as cooperativas e as pequenas propriedades conseguem crescer”, afirma presidente da Cresol Ivonir Todero

O Presidente da Cresol Centro Sul RS/MS Ivonir Todero e o gerente da agência da Presidente Vargas Juliano Rissi foram os entrevistados da Estúdio Boa Vista na manhã desta quarta-feira, 17. Os entrevistados falaram sobre a retomada da economia, escassez de recursos, apoio as demandas regionais e as perspectivas para 2022.

Segundo Todero é em momentos de crise que a sociedade e as instituições se fortalecem. “Entendemos que na crise é que as cooperativas e as pequenas propriedades conseguem crescer”. O presidente da Cresol falou sobre as ações da cooperativa para fortalecimento das comunidades regionais. “Nós tivemos vários conselhos e presidentes que sempre tiveram uma postura de investir localmente e a cooperativa fez muito isso. No ano que passou a gente investiu fortemente na questão da saúde em todos os hospitais, investimos em plano de saúde para o nosso associado, convênios e investimos também na segurança pública apoiando Brigada Militar e Polícia Civil e também na parte da educação”.

Em relação aos recursos, o presidente da Cresol explicou que as instituições têm dinheiro para aportar em alguns segmentos. “Na parte do agro as instituições têm dificuldade de atender em função da falta de recursos, porque o dinheiro que foi equalizado pelo governo acabou muito cedo”. Segundo ele a falta de recursos se deu por conta de uma grande oferta de produtos e porque o preço dos equipamentos aumentou demais. “Isso fez com que as operações represadas fossem consumidas em um curto espaço de tempo”.

Ivonir Todero falou também sobre as perspectivas do mercado para o próximo ano. “Sabemos que estamos saindo de uma pandemia, estamos entrando 2022 com uma inflação que ainda não está controlada principalmente para pessoas com renda mais baixa que estão tendo dificuldade para repor o alimento básico na mesa e geralmente essas pessoas consomem localmente”.

Todero abordou também a importância da região ter seus representantes políticos na assembleia e câmara dos deputados. “Temos um ano político pela frente e esperamos que a nossa região consiga de fato, eleger um deputado estadual e principalmente um federal da região. Esperamos que as pessoas consigam olhar a importância que tem um deputado federal porque a região perde muito por não ter pessoas daqui que tragam desenvolvimento para nossa região.

Você pode gostar também
  • https://cast.youngtech.radio.br/radio/8070/radio
  • https://jornalboavista.com.br/radioculturafm/
  • Rádio Cultura Fm - 105.9 Erechim - RS