Conselho Tutelar orienta sobre sinais de abuso e violência sexual em crianças

É muito importante que pais, responsáveis e até mesmo os educadores nas escolas fiquem de olho

O Conselho Tutelar de Erechim orienta a população sobre sinais que podem indicar abuso sexual em crianças. Conforme a conselheira, Gilseia Terribile, é muito importante que pais, responsáveis e até mesmo os educadores nas escolas fiquem de olho. “Normalmente, as crianças que sofrem com algum tipo de abuso ou violência sexual apresentam algumas alterações de comportamento e até mesmo algum tipo de marca”, explica. Os registros de casos são pontuais, investigados e tratados em sigilo, mas o Conselho Tutelar já chegou a ter quatro denúncias em apenas uma semana.

Segundo o Ministério da Saúde, em 2018 o Brasil registrou o maior índice de casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes, o que representa que três crianças ou adolescentes são abusadas sexualmente no Brasil a cada hora. Confira alguns sinais elencados pelo Conselho Tutelar, que podem ser um alerta:

  • Mudança no comportamento padrão
  • Rejeição ou proximidade excessiva a alguém
  • Regressão a comportamentos que as crianças já tenham abandonado
  • Segredos
  • Vergonha
  • Marcas físicas
  • Negligência

O Conselho Tutelar de Erechim está à disposição para mais esclarecimentos. O atendimento é das 8h às 11h30 e das 13h30 às 18h na Av. Salgado Filho, 227, junto a Secretaria de Assistência Social, pelo telefone (54) 3520-7051 e pelo plantão 24 horas, no telefone (54) 99176-0626. “Geralmente o abuso sexual de uma criança não têm um sinal só, mas um conjunto de coisas que indicam o que pode estar acontecendo. Em caso de suspeitas, entrem em contato conosco”, finaliza o coordenador do Conselho Tutelar, Luciano Perosa. As denúncias podem ser feitas no Disque 100.

Por Assessoria de Comunicação

Você pode gostar também
  • https://cast.youngtech.radio.br/radio/8070/radio
  • https://jornalboavista.com.br/radioculturafm/
  • Rádio Cultura Fm - 105.9 Erechim - RS