Artigos

Artigos

Amigos e Medo

Tive medo, ou vários medos. Hoje não mais os tenho. Tive medo do escuro, de pedrada na testa, de freiras e maristas. Tive medo de sapo, rato, injeção e comunistas. Tive medo de mulher de bigode, verrugas peludas, olho de cego. Tive medo de…

Memórias da Aldeia – Piá metido

Em meados da década de 1960, frequentava o feliz distrito de Baliza, com regular frequência. A vila era servida de várias casas de comércio, escola municipal, ferraria, bodegas, moinho, açougue, o Clube União (desde 1934), a Capela Nossa…

Envelhecer é esquecer

Penso com certa frequência no processo de envelhecer. Talvez por estar me aproximando dele lenta e gradativamente. Certo dia ouvi dizer que envelhecer é esquecer. Isso ficou mais claro quando atendi alguns pacientes idosos, uma em…

Memórias da Aldeia – A viagem

Corria o ano de 1959. Minha mãe, juntamente com minha irmã e eu, resolveu ir visitar a tia Claudina, que morava a cerca de oito quilômetros de nossa casa, no município de Gaurama. Fomos a cavalo – e fomos fazendo o revezamento. Passávamos…