Município amplia a recuperação da malha asfáltica

Depois de quase finalizada a primeira etapa da revitalização das vias públicas de Erechim, faltando somente a rua Fernando Testa, que beneficiou 11 vias num custo de R$ 6,5 milhões, o município de Erechim lança uma segunda fase, esta que estará beneficiando a melhoria de 31 vias públicas localizadas nos mais diferentes pontos do município.

Para tanto, foi publicado na última sexta-feira, 31, o Edital de Concorrência Pública número 2/2018, dando passo inicial desta nova fase que deverá, após a sua finalização, melhorar a vida do cidadão.

Posteriormente, de acordo com o secretário de Obras, Vinícius Anziliero, todas as obras que fazem parte da primeira e da segunda etapa estarão recebendo uma nova sinalização.

“Em todas as vias públicas que estão sendo asfaltadas, estaremos fazendo uma nova sinalização, tanto vertical como horizontal. Com isso estaremos proporcionando vias melhores e melhores sinalizadas para os condutores”, destacou Vinícius.

“Nesta segunda fase, com 28 lotes e 31 ruas, estamos buscando uma maior abrangência em todos os bairros do município, visando como prioridade a situação da via, não só da camada superficial, mas também a base, bem como a intensidade do tráfego, pois o processo está sendo licitado com o orçamento próprio do município, ou seja, a contribuição direta de cada cidadão de nossa cidade”, ressalta o secretário.

Entre as vias da segunda etapa, estão a Avenida José Oscar Salazar; Avenida Salgado Filho; Avenida Caldas Júnior; Avenida Santo Dal Bosco e Rua Israel, Avenida Tiradentes; Rua Almirante Barroso; Rua João Massignan; Rua Argentina; Rua Belo Cardoso: Rua Conselheiro Sperhacke.

Rua Demétrio Arpini; Rua Dilgai Chiolina Parenti; Rua Dr. João Caruso; Rua Bortolo Balvedi; Rua Fioravante Morandi; Rua Francisco Ferdinando Losha; Rua Jacó Luiz Busatta; Rua João Paulo I e Rua Josefina Dalla Rosa; Rua Major Candido Cony; Rua Manuel Bicca; Rua Maria Agnes Graber e parte da Rua Dr. José Bisognin; Rua Miguel Moysin; Rua Pernanbuco; Rua Saule Pagnocelli; Rua Sergipe – Trecho 1; Rua Sergipe – Trecho 2; Rua Theodoro Tedesco e Rua Fioravante Tagliari, totalizando 201.517,00 metros quadrados, num valor que ultrapassa a casa dos R$ 12 milhões.

Comentários estão fechados.