Aratiba aderiu à campanha “Máscara Roxa”

Mulheres vítimas de violência poderão fazer a denúncia em farmácias

Todas as farmácias de Aratiba, incluindo a Unidade Básica de Saúde e a Associação Comunitária Hospital de Aratiba aderiram à campanha contra a agressão as mulheres. A campanha “Máscara Roxa” foi lançada ontem (30) de forma online na região da AMAU, e contou com a participação de vários municípios.
Com a iniciativa, mulheres vítimas de violência doméstica poderão denunciar casos de agressões nas farmácias que tiverem o selo “Farmácia Amiga das Mulheres”.
Como funciona
Ao chegar na farmácia a mulher deve pedir a máscara roxa, que é a senha para que o atendente saiba que se trata de um pedido de ajuda. O profissional dirá que o produto está em falta e pegará alguns dados para avisá-la quando chegar. Após, o atendente da farmácia passará à Polícia Civil as informações coletadas, via Whats App, para que o órgão tome as medidas necessárias.
A campanha é uma iniciativa do Comitê Gaúcho ElesPorElas coordenado pelo Deputado Estadual Edegar Pretto, da ONU Mulheres, e se concretiza a partir de um termo de cooperação assinado em conjunto com órgãos ligados aos poderes Executivo e Judiciário e entidades ligadas à pauta das mulheres.