Prefeito de Benjamin Constant do Sul fica ferido e sobrinho é morto durante emboscadas em reserva indígena

O prefeito de Benjamin Constant do Sul, Itacir Hochmann, ficou ferido e seu sobrinho, Nathan Cozer Hochmann, de 21 anos, morreu em emboscadas supostamente montadas por indígenas, realizadas na noite de quarta-feira, 30 de maio, na Reserva do Votouro, interior do município.

De acordo com informações não oficiais, por volta das 22h, Nathan teria ido com um amigo até Faxinalzinho para jantar em uma pizzaria, e quando retornava por uma estrada que liga os dois municípios e passa pelo interior da reserva, um tiro de espingarda foi disparado contra o carro. O projétil atingiu o pescoço de Nathan, que estava na carona e faleceu no local. O condutor acabou perdendo o controle da direção e capotou o veículo. Ele fugiu e conseguiu buscar socorro em uma residência.

Ainda segundo informações não oficiais, o prefeito teria ido até a reserva, mas lá seu carro também teria sido alvejado, desta vez por diversos disparos de arma de fogo, algumas de grosso calibre. Ele não chegou a ser atingido pelos tiros e deitou no interior do veículo. Os criminosos então teriam se aproximado e, não se sabe se por terem identificado o prefeito ou acreditado que ele havia morrido, deixaram o local.

Itacir, supostamente, teria passado o resto da noite e parte da madrugada no local, até ser resgatado e encaminhado para atendimento médico na Fundação Hospitalar Santa Terezinha de Erechim. Ele sofreu apenas ferimentos leves, principalmente devido a estilhaços, e já foi liberado. A imprensa aguardou por cerca de duas horas pela saída do prefeito, mas ele deixou o hospital por uma porta lateral e não conversou com os repórteres.

A suspeita é de que o sobrinho do prefeito teria sido assassinado por engano, já que os indígenas estariam procurando por um desafeto que teria um carro do mesmo modelo em que estavam os dois jovens. Nathan foi encaminhado para exames periciais no IML de Passo Fundo. Ele era filho único.

Até a manhã desta quinta-feira (31) os carros envolvidos na ocorrência permaneciam no local. A ocorrência foi repassada para a Polícia Federal, que investigará os crimes.

Nathan Cozer Hochmann foi morto com um tiro no pescoço Foto: Redes Sociais

Comentários estão fechados.