Prefeitura de Marcelino Ramos decide manter medidas restritivas. Termas e Hotéis devem voltam a funcionar dia 09

O hospital de Marcelino Ramos dispõe de apenas dois aparelhos respiradores, equipamentos usados para pacientes em estado graves, diagnosticados com Coronavírus, e mais um suporte por ambulância básico. A informação foi repassada na manhã desta segunda-feira (30) durante reunião realizada na Câmara de Vereadores. As lideranças municipais estiveram reunidas tratando das medidas de enfrentamento da pandemia. No município já foram registrados casos suspeitos que foram descartados, mesmo sem realização de exames, pois os testes são feitos apenas com pacientes internados em hospitais.

Até o momento a situação aparentemente está sob controle na cidade com as medidas restritivas de estabelecimentos comerciais através de decreto municipal. Marcelino Ramos tem mais de mil pessoas idosas, que se enquadram como grupo de risco, muitos com algumas patologias, e por isso optou-se em manter o comércio ainda fechado pelo mesmo período que perdurar a calamidade pública no Estado do Rio Grande do Sul.

As Termas de Marcelino e os Hotéis deverão retomar as atividades a partir do dia 09, caso não haja nenhuma mudança nos próximos dias. As aulas na rede municipal permanecerão suspensas, sem prazo para serem retomadas. Os tributos municipais, como o IPTU, todos os prazos foram suspensos e assim que a situação for normalizada o poder público vai divulgar os novos prazos.

Lei o DECRETO na íntegra CLICANDO AQUI

Fonte: Portal de Marcelino Ramos

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais