Rally de Erechim começa a definir programação e ações da edição deste ano

Prova acontecerá no final de maio e mais uma vez sediará a etapa brasileira do Campeonato Sul-americano

Vem ai a 21ª edição do Erechim Rally Brasil. A prova, acontecerá entre os dias 23 e 27 de maio e mais uma vez receberá competidores de vários países, na disputa da etapa brasileira do Campeonato Sul-americano de Rali de velocidade, além de sediar de maneira paralela as provas do Nacional e Estadual da categoria.

Uma prova que projeta receber mais de 50 mil expectadores, mais de 60 competidores, vem com grande apelo de organização e por isso, os primeiros encontros dos grupos de trabalhos já iniciou. Comissão de segurança, técnica e de eventos paralelos tiveram nesta semana as primeiras reuniões com os colaboradores.

O presidente do Erechim Auto Esporte Clube (Eaec), Claudio Pagliosa, salienta que este promete ser mais um grande evento, o que aumenta a responsabilidade dos organizadores. “Recebemos competidores de vários países, vários estados, que gostam de vir competir aqui, pela excelência do trabalho que é feito por todos nós”, disse os colaboradores.

Luis Fernando Cantelle, voluntário por muitos anos da prova, salientou a importância do evento aos colaboradores, especialmente aos que estão começando. “Estamos em uma cidade em que as pessoas gostam e querem fazer parte do rali. Vamos viver mais um momento importante, eu que muitas pessoas estarão aproveitando o que vocês (colaboradores) estarão produzindo”, explicou.

De agora em diante, muitas reuniões dos três núcleos de trabalho ainda serão realizadas no sentido de deixar tudo pronto para a prova.

 

História

O Erechim Rally Brasil iniciou sua história em 1998, com a realização do primeiro evento de rali de velocidade na cidade. No início, chamou-se de Rally Internacional. Os primeiros nos foram dedicados apenas a realização de provas dos campeonatos nacional e estadual.

Depois, a partir dos anos 2000 veio a etapa do Sul-americano. Especialmente a partir de 2006, a prova tornou-se referência para o automobilismo brasileiro.

Aos poucos foi quebrando recordes, como participação estrangeira na disputa, maior público da história do esporte no País com 100 mil expectadores, e a chancela de “evento FIA”, algo que aumentou ainda mais a importância da prova.

Hoje realiza uma série de eventos paralelos como o Rally na Escola, Ação Social e Carbono Zero, nesta última tornando-se “Amigo da Floresta”, certificado pelo  Instituto Brasileiro de Florestas (IBF).

 

Comentários estão fechados.