UFFS promove atividades sobre feminismo negro

Mesas redondas, debates e exibições de filmes compõem a programação, aberta para toda a comunidade

A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Erechim realiza, entre os dias 5 e 9 de novembro, uma série de atividades que tem como tema a questão das mulheres negras. O evento é promovido pelo Programa de Educação Tutorial (PET) Grupo Práxis – Conexões de Saberes. A ideia é relacionar a temática da educação popular com o feminismo negro. As atividades são abertas para toda a comunidade.

As ações do turno da noite ocorrem no Auditório do Bloco A. Já as exibições dos filmes do CinePET serão no Auditório do Bloco dos Professores.

Dia 5 de novembro (segunda-feira):

19h – Mesa redonda “Mulheres, cultura e periferia”. Participantes: Keicy Salustiano (acadêmica do curso de História) e professores Pablo Lemos Berned e Demétrio Alves Paz (UFFS – Campus Cerro Largo)

Dia 6 de novembro (terça-feira):

15h – CinePET com o filme “Estrelas Além do Tempo”.

Dia 7 de novembro (quarta-feira):

19h – Mesa redonda “A chibata continua a açoitar nossas mentes”. Participantes: Ellen da Silva do Nascimento (acadêmica do curso de História) e Stéphanie Toussaint (acadêmica do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária).

Dia 8 de novembro (quinta-feira):

15h – CinePET com o filme “Felicidade por um fio”.

19h – Peça teatral “Morte e Vida Severina”. Adaptação da obra de João Cabral de Melo Neto por Paulo José Santos, acadêmico do curso de Agronomia.

Em seguida, mesa redonda “Mulheres Negras e Identidade: discutindo relações de poder”. Participantes: Renata de Jesus (acadêmica do curso de Ciências Sociais), professora Claudete Gomes Soares (UFFS – Campus Chapecó) e Josiane de Oliveira (Associação de Reciclagem Reciclando pela Vida).

Dia 9 de novembro (sexta-feira):

19h – 8ª edição do Sarau Palmares + Oficina de Capoeira Angola, com professor Deivison Camargo Mussumano, da Associação de Capoeira Angola Cultura Popular (ACACP).

Comentários estão fechados.