Acadêmica de Engenharia de Alimentos da URI faz relato de experiência sobre intercâmbio

A acadêmica Patrícia Griep, do 8º semestre do Curso de Engenharia de Alimentos da URI Erechim, fez um relato da sua experiência de intercâmbio acadêmico, realizada entre fevereiro e julho de 2017, em Porto, Portugal, através do programa Santander Universidades. Ela explicou aos colegas o processo de inscrição, seleção, requisitos, preparação, percepção sobre dificuldades e vantagens de se fazer um intercâmbio, além de responder curiosidades sobre o assunto.

Durante o intercâmbio, Patrícia cursou as disciplinas de Gestão, Indústria de Alimentos, Produção Animal e Vegetal, Operações Unitárias e Tratamento de Água e Águas Residuais, esta última com a turma do mestrado.

De acordo com a acadêmica, o Curso, em Porto,  chama-se Engenharia Alimentar e tem duração de três anos. “As matérias principais são iguais, mas com pequenas variações, sobretudo na carga horária das disciplinas. As aulas são divididas em teóricas e práticas sendo que os alunos não são obrigados a assistir as teóricas, ou seja, não se reprova por falta. Já as aulas práticas são obrigatórias e há um apelo muito forte para o aluno criar a sua independência no laboratório, uma vez que os alunos recebem o protocolo da aula prática, precisam esquematizá-lo com sua própria leitura e depois executar os passos. Ao final, são cobrados relatórios ou pelo menos uma ficha de resultados”, explicou.

Ela destacou, ainda, que a experiência pessoal também foi extremamente significativa. “Aprendi a ter independência, responsabilidades e, sobretudo, aprendi a aprender. A Universidade do Porto, assim como tudo por lá, tem suas particularidades de ensino e métodos de avaliação baseados em um exame como única nota e aulas teóricas e práticas. Estudei muito, mas o melhor foi conhecer colegas e professores que me acolheram, que me explicaram e tiraram minhas dúvidas com toda a paciência. Mostraram-me o que é sentir orgulho de ser uma universitária”, enalteceu.

E encerrou: “O intercâmbio me proporcionou a experiência de ver o mundo de um local diferente do globo. O que parece ser simplesmente um deslocamento geográfico, muda a forma como vemos e pensamos. Continuo colhendo frutos desta experiência e aconselho: estudem, dediquem-se e arrisquem. Se algum dia vier a oportunidade de fazer um intercâmbio, façam!”.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais