Mais um balde de água fria nas demandas das entidades

Como já havia acontecido com os demais candidatos ao governo do estado, na última sexta-feira foi a vez do candidato Eduardo Leite receber as demandas das entidades de nosso município. Apenas assinou o recebimento do documento e não fez nenhuma referência sobre as demandas regionais. Já na coletiva de imprensa, quando questionado sobre uma das demandas, que é o asfaltamento dos 22 quilômetros que ligam a região do Alto Uruguai com a Nordeste, ele inteligentemente desviou a conversa dizendo: “Primeiro vamos analisar as condições econômicas de cada região para depois buscar uma parceria com a iniciativa privada para que se possa fazer o asfaltamento da rodovia”, afirmou o candidato Eduardo Leite.
Até é muito compreensível a reação dos candidatos, afinal ninguém sabe como será o amanhã. Afinal, esta foi a atitude de todos os candidatos entrevistados nos nossos veículos de comunicação, a de não assumir nenhum compromisso com a região. Não importa a reação dos candidatos do governo do estado, tem que continuar insistindo com as demandas regionais. Ou seja, como diz um ditado popular, “água mole em pedra dura tanto bate até que fura”.

 

Por Egidio Lazzarotto

Comentários estão fechados.