UFFS sediará Jornada de Ensino de História e Educação

Evento será em outubro e inscrições para submissão de trabalhos já podem ser feitas

A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Erechim recebe, entre 7 e 10 de outubro, a XXIV Jornada de Ensino de História e Educação: Ensino de História e Educação em Tempos de Incerteza. O evento é promovido pelo curso de Licenciatura em História e pelo grupo de trabalho de Ensino de História e Educação da Associação Nacional de História – Seção RS (ANPUH-RS).

O objetivo do evento é discutir teórica e metodologicamente aspectos do ensino de História; possibilitar espaços de formação continuada de professores da Educação Básica e para a formação inicial de graduandos em História e licenciandos em geral; estabelecer vínculos entre a Pós-Graduação, Graduação, rede pública de ensino, grupos de pesquisa e universidades.

Segundo o professor Gérson Fraga, da UFFS, a Jornada “é o mais longevo evento sobre ensino de História do país, discutindo aspectos teóricos e metodológicos da docência, sem descuidar de suas relações com as dinâmicas sociais e políticas da contemporaneidade, contribuindo, assim, para reflexões importantes para construção da cidadania na contemporaneidade, diante de um mundo globalizado e em constante transformação”.

Público-alvo

Estudantes de cursos de Licenciaturas, professores do Ensino Básico e Superior, membros de movimentos sociais,profissionais que atuam em arquivos, museus e espaços culturais interessados na temática do evento.

Inscrições

As inscrições para apresentação de trabalhos vão até o dia 2 de setembro. A divulgação dos trabalhos aprovados será no dia 16 de setembro. Ouvintes poderão se inscrever até o dia do evento, o mesmo valendo para os participantes das oficinas que serão realizadas no evento.

As inscrições ocorrem pelo e-mail [email protected]. Quem for submeter algum trabalho deve enviar o resumo contendo até cinco palavras-chave.

Investimento

– R$ 20 para estudantes de Graduação, Pós-Graduação e professores da Educação Básica.

– R$ 50 para professores do Ensino Superior.

As inscrições deverão ser pagas após a divulgação dos trabalhos aprovados.

Programação

7 de outubro

8h30: Credenciamento e atividade cultural

14h às 17h30: Cine debate “Escola Sem Censura”, com Ricardo Severo e José Mineiro. Lançamento da “Cartilha contra o assédio”. Local: Auditório do Bloco dos Professores.

19h30: Conferência de abertura “Reformas educacionais e ensino de História: um panorama histórico”, com Halfred Carlos Ribeiro Junior (UFFS), Flávia Caimi (UPF) e Giane Escobar (Unipampa). Local: Auditório do Bloco B.

8 de outubro

8h30: Comunicações e apresentações de trabalhos. Locais: salas 302, 304, 310, 311 e 414, todas do Bloco B.

14h às 17h30: Oficinas com os seguintes temas: ditadura; cinema; jogo do tambor; livros didáticos e a questão étnico-racial; e questão indígena. Locais: salas 207, 302, 304 e 306 do Bloco B.

19h30: Lançamento de livros e sarau.

9 de outubro

8h30: Comunicações e apresentações de trabalhos. Locais: salas 302, 304, 310, 311 e 414, todas do Bloco B.

14h: Mesa-redonda “Relatos de professores de História: passado e presente”. Ministrantes: Vera Maciel Barroso (Centro Cultural Santa Casa), Nilton Pereira (UFRGS), Gládis Wolf (rede básica) e Aline Valsoler. Local: Auditório do Bloco B.

19h30: Mesa de encerramento “Ensinar História em tempos de incertezas”, com Enrique Serra Padrós (UFRGS) e Mairon Escorsi Valerio. Local: Auditório do Bloco B.

10 de outubro

8h30: Saída de campo.

14h: Visita histórica pelos monumentos da cidade e aos Caminhos Rurais.

Mais informações: https://www.facebook.com/events/209515019955536/.

Comentários estão fechados.