Reserva do Votouro: indígenas procurados após conflitos se entregam ao Ministério Público Federal

Na terça-feira (28), seis indígenas da Reserva do Votouro, em Benjamin Constant do Sul, que eram considerados foragidos, se entregaram ao Ministério Público Federal. Eles foram encaminhados ao Presídio Estadual de Erechim. Segundo a Polícia Civil, um indígena ainda é considerado foragido.

As buscas acontecem desde o começo do mês de agosto, quando foi deflagrada a Operação Terra Sem Lei. Desde o dia da operação, 13 índios foram presos preventivamente.

O motivo, segundo a polícia, foram os dois homicídios que aconteceram na aldeia este ano, um deles, do sobrinho do prefeito do município, onde fica a reserva indígena.

Além das mortes a polícia também investiga denúncias de cárcere privado, tortura e tentativa de homicídio.

Fonte: G1

Comentários estão fechados.