Atlântico vence o Joaçaba e volta a subir na tabela da LNF

Jogadores comemoram a destacam entrega da equipe para conquistar os três pontos

O goleiro Careca atravessou a quadra ao final do jogo deste sábado, 29, diante do Joaçaba, pela Liga Nacional de Futsal (LNF), aplaudindo o torcedor que foi ao Caldeirão do Galo. Depois explicou. “É este espírito, de entrega de todos, nós dentro da quadra, o torcedor ali do lado de fora, é assim o Galo, é com esta vontade que juntos conseguimos os resultados”, frisou.

Ele se referia ao bom jogo do Galo e a vitória por 2 a 1. Mais três pontos e um passo a mais na tabela de classificação, em busca da classificação para as oitavas de final. “Falamos muito durante a semana que hoje precisávamos vencer. Nosso time esteve muito nervoso no início, mas soube buscar a tranquilidade suficiente para vencer. Ainda não ganhamos nada, faltam alguns pontos para que a gente defina a classificação e possa entrar pensar na sequencia da competição”, ressaltou o treinador Giba.

Agora, o Atlântico dará uma pausa na LNF, fazendo dois jogos seguidos pela Liga Gaúcha, na próxima terça, contra o Guarany, em Espumoso, e após no sábado, dia 6, contra o Marau, também fora de casa. Volta para Erechim no dia 13, um sábado, para receber o Blumenau. 

atlaxjoa22

O jogo

Atlântico e Joaçaba fizeram uma primeira etapa equilibrada até a parte final. Com cinco faltas antes dos 15 minutos de jogo, o Galo cometeu a sexta infração 14min48. Rafinha foi para o chute, o goleiro careca fechou bem o ângulo e a bola acabou batendo na trave.

Logo após, o lance decisivo da etapa. O Atlântico teve uma falta a seu favor na defesa, mas Allan escapou pela direita, aproveitou a lei da vantagem e da entrada da área não teve duvidas: um chutasso no ângulo do goleiro Léo Gugiel: 1 a 0 Galo.

A segunda etapa teve maior movimentação por parte do time gaúcho. A 5min, Silva recebeu no meio da marcação e exigiu bela defesa de Léo Gugiel. A 5min47, Cleber retardou a cobrança do lateral, já tinha cartão amarelo e acabou expulso.

atlaxjoa4

O Joaçaba aproveitou o fato de ter uma mais em quadra e um minuto mais tarde empatou o jogo através de Raul, chutando cruzado, já próximo a linha de fundo.

O Atlântico não se abateu. A 10min Silva novamente chutou por cima em mais uma boa oportunidade do Atlântico. A 16min13, Nardinho quase marcou, mas a bola foi por cima.

A 17min14, Allan sofreu a falta na entrada da área, a sexta do Joaçaba na etapa: tiro livre que Silva cobrou e assegurou outra vez vantagem para o Galo: 2 a 1.

A partir disso, o treinador Paulinho Sananduva passou a jogar com goleiro linha. Porém, encontrou na marcação do Atlântico um verdadeiro “paredão” que impediu qualquer possibilidade de empate dos catarinenses.

atlaxjoa25

Comentários estão fechados.