Classe B de Erechim tem poder de compra na casa de R$ 1 bilhão, revela empresário

CDL aposta em parcerias e premiações para fortalecer o comércio

Sem firulas e com boa capacidade de aglutinar parceiros – a partir do discurso da união de esforços, a nova direção da CDL, liderada pela presidente Arlei Cavaletti, já ampliou em mais de 30% a lista de empresas afetas à grade de eventos da entidade e planeja, para 2018, fortalecer Erechim como referência de compras da região Alto Uruguai – evitando que os lojistas locais sigam perdendo clientes para municípios vizinhos e, também, para a internet.
O carro-chefe das ações foi apresentado a autoridades, associados e imprensa nesta semana, em evento no Clube do Comércio, e prevê o sorteio de 500 prêmios ao longo das comemorações do centenário de Erechim, dentre os quais, três veículos 0 KM.

# A ação de lançamento da campanha da CDL contou, ainda, com palestra do empresário Julio Brondani – responsável por mostrar que, em se tratando de PIB per capita, Erechim teria um potencial de consumo maior do que os de Chapecó e Passo Fundo, sendo as classes B e C as detentoras do maior pode de ‘fogo’ (compra).

# Só os 31,7% da população erechinense classificadas na faixa de renda ‘B’, por exemplo, tem poder de compra na casa de R$ 1 bilhão, revelou Brondani.

# Em tempo: Se é acertada e verdadeira a opção por promoções e sorteios de prêmios para atrair clientes, não menos verdadeiro é que se faz necessário investir ainda mais na qualificação da gestão e no atendimento do comércio local – preparando lojistas e comerciários para o novo tempo (que já chegou, aliás, faz tempo). Presidente Arlei, conectada, garante saber disso. Amém.

 

Por Salus Loch

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais