Duas pessoas realizarão cirurgia dos 26 torcedores do Pelotas feridos

Na noite de quarta-feira (29), logo após a partida entre Ypiranga e Pelotas, equipes de socorro do Samu, Ambulância Cidadã, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil do Alto Uruguai, de Passo Fundo, Getúlio Vargas e Tapejara atenderam uma ocorrência na ERS 135, km 70.

Um ônibus com torcedores do Pelotas saiu da pista próximo ao trevo de Capo-Erê e despencou em uma ribanceira com cerca de 10 metros. Das 31 pessoas que estavam no ônibus, 26 ficaram feridas, conforme o comandante da Polícia Rodoviária Estadual de Erechim, Sargento Sandro Lazzarin.

Conforme o Comando Rodoviário da Brigada Militar e Sargento Lazzarin, os dois motoristas que estavam no ônibus afirmaram que uma carreta que trafegava no sentido contrário, de Getúlio Vargas a Erechim, invadiu a pista e acabou colidindo com o coletivo.

Os feridos foram encaminhados aos hospitais de Erechim, São Roque de Getúlio Vargas e São Vicente de Passo Fundo.

Na manhã desta quinta-feira (30), cerca de 11 pessoas seguem internadas nestas unidades de saúde e duas delas passarão por processos cirúrgicos e encontram-se na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Nesta manhã será organizado o retorno dos torcedores para Pelotas, em ônibus cedido pela Prefeitura de Erechim.

Por Carla Emanuele 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais