Processo seletivo do IFRS recebe inscrições até 7 de novembro

Campus Erechim oferta nove opções de cursos e 338 vagas gratuitas

O Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) está oferecendo mais de 4.500 vagas em cursos técnicos e superiores gratuitos em Erechim e mais 15 municípios do Estado, com aulas a partir do primeiro semestre de 2019. Para ingressar, é preciso participar de um processo de seleção (veja abaixo como funciona, conforme a modalidade). As inscrições são online e estão abertas até o dia 7 de novembro de 2018, pelo site ingresso.ifrs.edu.br. O Campus Erechim (Rua Domingos Zanella, 104, Três Vendas) disponibiliza computador conectado à internet para os candidatos que necessitarem.

A taxa de inscrição da seleção custa R$ 35,00 (trinta e cinco reais) para os cursos técnicos e R$ 50,00 (cinquenta reais) para os cursos de graduação. No Campus Erechim, são ofertadas um total de 338 vagas em cursos técnicos (concomitante e subsequentes ao Ensino Médio) e também cursos de graduação (bacharelados e superiores de tecnologia), conforme quadro abaixo:

Opções de curso, modalidade, turno e número de vagas no Campus Erechim (Rua Domingos Zanella, 104 – Bairro Três Vendas – Erechim)

> Engenharia de Alimentos: superior, noite, 30 vagas

> Engenharia Mecânica: superior, manhã e tarde, 50 vagas

> Tecnologia em Design de Moda: superior, tarde, 32 vagas

> Tecnologia em Marketing: superior, noite, 50 vagas

> Técnico em Alimentos: subsequente ao Ensino Médio, noite, 32 vagas

> Técnico em Finanças: subsequente ao Ensino Médio, noite, 40 vagas

> Técnico em Informática: concomitante ao Ensino Médio, tarde, 32 vagas

> Técnico em Logística: subsequente ao Ensino Médio, noite, 40 vagas

> Técnico em Mecânica: subsequente ao Ensino Médio, noite, 32 vagas

Os documentos com as orientações e o detalhamento do processo (editais) e todas as novidades podem ser acompanhados pelo siteingresso.ifrs.edu.br. As provas serão aplicadas em 2 de dezembro de 2018

Como funciona a seleção:

Cursos técnicos concomitantes ao Ensino Médio (Técnico em Informática)

Os cursos concomitantes oferecem formação técnica profissional para os alunos que estão cursando o Ensino Médio em outra instituição de ensino e desejam complementar a formação.

O exame de seleção para essa modalidade constitui-se de prova com 40 questões objetivas que visa à avaliação dos conhecimentos adquiridos pelos candidatos nas matérias do núcleo comum do Ensino Fundamental (Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Língua Portuguesa).

Cursos técnicos subsequentes ao Ensino Médio (Técnicos em Alimentos, Finanças, Logística e Mecânica)

Os cursos subsequentes oferecem formação técnica profissional para os alunos que já concluíram o Ensino Médio.

No momento de inscrever-se para essa modalidade no processo seletivo, o estudante pode optar por uma das alternativas: ingresso mediante “prova e nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)”; apenas por “nota do Enem”; ou “somente prova”. No caso de optar pela nota do Enem, ele deve indicar o ano que deseja o aproveitamento (de 2013 até o atual – 2018). No caso de optar pela prova, o candidato vai prestar um exame de seleção com 40 questões objetivas que visam à avaliação dos conhecimentos adquiridos pelos candidatos nas matérias do núcleo comum do Ensino Médio (Matemática e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias).

Cursos superiores (Engenharia de Alimentos, Engenharia Mecânica, Tecnologia em Design de Moda e Tecnologia em Marketing)

Os cursos superiores têm como pré-requisito para ingresso o Ensino Médio concluído.

Na hora da inscrição, o estudante pode optar por uma das alternativas: ingresso mediante “prova e nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)”; apenas por “nota do Enem”; ou “somente prova”. No caso de optar pela nota do Enem, ele deve indicar o ano que deseja o aproveitamento (de 2013 até o atual – 2018). Ao optar pela prova, o candidato deverá prestar um exame com uma prova de redação e 45 questões objetivas (Matemática e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias – incluindo questões de língua inglesa ou língua espanhola), que visam à avaliação dos conhecimentos adquiridos pelos candidatos nas matérias do núcleo comum do Ensino Médio. O IFRS não participa mais da seleção pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Comentários estão fechados.