Ale Dal Zotto sugere ao Executivo que UBSs tenham intérprete de Libras

Reconhecida como meio de comunicação e expressão, a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) é amplamente usada pelos surdos do país. Como forma de tornar o acesso aos serviços públicos ainda mais inclusivos, o vereador Ale Dal Zotto (PSB) solicitou ao Poder Executivo, por meio de um pedido de providências (nº 521/2019), que as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Erechim contem com intérprete de Libras, a fim de melhor atender pacientes com deficiência auditiva.

“Constatamos que, em geral, os atendimentos públicos na área da saúde em nosso município não contemplam as pessoas surdos, tornando muito difícil a comunicação entre médico e paciente e ocasionando em problemas de atendimento e até mesmo de diagnóstico”, observa o parlamentar, ressaltando que a Prefeitura poderia viabilizar a contratação de um profissional específico de diversas formas. “O governo municipal pode firmar convênios com as universidades, institutos e entidades locais que já desenvolvem e trabalham com Libras, buscando os profissionais habilitados para desenvolverem seu trabalho junto às UBSs e de alunos como forma de estágio e complemento curricular”, afirma Dal Zotto.

O vereador reforça, ainda, que a medida sugerida pode ser iniciada na UBS do Centro, e posteriormente se estender às demais conforme a demanda. Após a leitura na sessão, o pedido foi encaminhado ao setor competente da Prefeitura.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais