Rafael Ayub solicita ações para incentivar a permanência de idosos em suas casas durante a pandemia do coronavírus

Embora pertençam ao grupo de maior risco de contaminação pelo novo coronavírus, muitos idosos continuam não seguindo as recomendações de órgãos de saúde em relação ao isolamento social. Diante desta situação, comum também em Erechim, o vereador Rafael Ayub (MDB) solicitou ao Poder Executivo, durante a sessão ordinária da última segunda-feira (27), que tome providências quanto à execução de atividades domiciliares programadas para pessoas acima dos 60 anos, incentivando os mesmos a permanecerem em suas residências enquanto se mantiver a pandemia.

“Os idosos são o grupo de risco mais vulnerável, e os que mais precisam de estímulos para ficar em casa”, afirma Ayub, que questiona a Prefeitura sobre eventuais medidas a respeito do tema em questão. “Queremos saber se já existe um cadastro único dos idosos e se possuem a intenção de criar programas que busquem mantê-los estimulados e com atividades domiciliares, para assim permanecerem em isolamento social enquanto não há melhor forma de conter o coronavírus”, completa o parlamentar. O pedido de providências foi encaminhado ao setor competente do Executivo após a sessão.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais