Acadêmicos de Medicina da URI falam sobre a Prevenção do Câncer de Pele

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Em proposta da disciplina de Imersão SUS, acadêmicos da primeira turma do Curso de Medicina da URI foram instigados a desenvolver projetos nos diferentes serviços de Atenção Secundária do Município. Um dos serviços abrangidos pela ação foi o Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (CEREST) do Alto Uruguai, cuja atuação contempla uma gama ampla de ações de saúde, uma vez que diferentes profissões se expõem a riscos específicos.

Sendo inviável abranger todas essas possibilidades, os acadêmicos optaram por dar enfoque ao risco gerado pela exposição solar ocupacional para o desenvolvimento de cânceres cutâneos. Dentre outros, essa escolha foi pautada no desenvolvimento das ações no mês de dezembro, tendo início concomitantemente a campanha do Dezembro Laranja, promovida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Dessa forma, os acadêmicos foram a algumas emissoras de rádios, onde concederam entrevistas voltadas à temática. Participaram da ação os acadêmicos Amanda Peracchi Schneider, Cindia Sartori, Daniel Ottobelli, Eduarda D’Agostini, Fabiane Barbosa, Isadora Cristina da Silva, Laura Sgarbossa, Lucas Bresolin, Maria Carolina Simionato, Matheus de Prá e Simone Cadore, sob a orientação dos preceptores Gilson Arreal e Jaqueline Buaes Graeff.

Nas entrevistas, realizadas online nas rádios Virtual e Difusão, os acadêmicos enfatizaram a importância da prevenção do câncer de pele e orientaram os ouvintes a evitar a exposição excessiva ao sol e a proteger a pele dos efeitos da radiação UV, sendo estas as melhores estratégias para prevenir o melanoma e outros tipos de tumores cutâneos. Além disso, informaram sobre a importância do diagnóstico precoce, estimulando o ouvinte a observar regularmente a própria pele, a procura de pintas ou manchas suspeitas.

Por Assessoria de Comunicação

Get real time updates directly on you device, subscribe now.