Começam as matrículas na UFFS

Aprovados no Vestibular e no Sisu têm até terça-feira para efetuar o procedimento. Plataforma do MEC já está aceitando as manifestações para a Lista de Espera

Iniciaram nesta quarta-feira (29), na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), as matrículas dos candidatos aprovados no Vestibular realizado em conjunto com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Ainda hoje a Instituição deve publicar o edital relativo às matrículas dos candidatos classificados na primeira chamada do Sisu. Estes, porém, já podem se dirigir ao Campus e efetuar o procedimento, que ocorre nas mesmas datas e horários de quem passou no Vestibular.

As matrículas serão feitas até terça-feira (4), no horário das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30. No Campus Erechim elas ocorrem no térreo do Bloco A. Os classificados devem ficar atentos à documentação necessária, disponível no site da Universidade: www.uffs.edu.br. Dúvidas podem ser sanadas pelo telefone da Secretaria Acadêmica: (54) 3321-7084.

Os horários de transporte urbano estão disponíveis em www.uffs.edu.br/campi/erechim/horarios_de_onibus.

Quem tentou uma vaga no Sisu mas não ficou classificado, já pode participar da Lista de Espera. A manifestação deve ser feita em www.sisu.mec.gov.br até terça-feira.

Primeiras matrículas: sonhos realizados

Hoje, os aprovados aguardavam desde cedo o início das matrículas. Eles são recebidos no Campus por uma equipe de estudantes monitores da Universidade responsáveis pelas boas-vindas e pelos primeiros encaminhamentos.

Conforme a modalidade de classificação (ampla concorrência ou ações afirmativas), os aprovados devem se dirigir a diferentes espaços. Os servidores conferem se toda a documentação necessária está correta e, depois, efetuam a matrícula.

Em outra sala, os agora acadêmicos recebem orientações sobre auxílios socioeconômicos, bolsas, aprendem a acessar os sistemas da Universidade no computador e, também, confeccionam a carteirinha do Restaurante Universitário e da Biblioteca.

Morador de Estação, o jovem Marco Antônio Comin foi aprovado para o curso de Agronomia. “Fiz vestibular para várias instituições da região, mas minha prioridade sempre foi entrar na UFFS”, conta. “Escolhi a UFFS pela qualidade e gratuidade. Além disso, ter uma Universidade Federal perto de casa é muito prático”. O pai, Márcio, acompanhou o filho durante a matrícula. “Na minha época as Universidades Federais estavam sempre em cidades distantes. Então ter essa oportunidade aqui na região, com qualidade de ensino, é muito bom”, reflete.

Natural de Getúlio Vargas, Milene Karpinski Ribeiro também comemora a aprovação no Vestibular. “Há dois anos eu tento entrar na UFFS, e agora finalmente consegui”, diz a caloura do curso de Licenciatura em Pedagogia. Para Milene, trata-se da realização de um antigo sonho. “Desde criança eu já dava sinais da profissão que queria. Brincava de ser professora, tinha giz de cera e quadro negro, brincava de aulinha, enfim. A Pedagogia sempre foi meu objetivo. Sem falar que amo crianças”, revela.

“Tenho amigas que estudam aqui e falam muito bem da UFFS. Sempre me disseram que a Universidade é muito acolhedora. E já no dia da matrícula eu realmente sinto isso”, conta a futura pedagoga. “Sem falar que ela é pública, gratuita, perto da minha casa. Eu não tenho condições de pagar uma faculdade particular. Estar aqui é realmente a realização de um sonho”, finaliza.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais