Orçamento da Saúde comporta até 70 médicos no serviço público

A Secretaria de Saúde de Erechim está muito próxima de atingir sua capacidade limite de médicos contratados para atender a população que utiliza os serviços públicos de Saúde. Na última semana, quatro novos clínicos gerais, dois para 20 horas e dois para 40 horas, iniciaram suas atividades junto a Secretaria de Saúde, totalizando um quadro de 67 profissionais médicos que atuam no município.

O secretário da pasta, Jackson Arpini, informou que o objetivo do Poder Público é contratar pelo menos mais três médicos para fechar em 70 profissionais o quadro de servidores. “Setenta médicos é a capacidade orçamentária que a Secretaria comporta”, disse. Arpini ainda destacou que os três médicos que serão contratados são ginecologistas e pediatras.

Os atuais 67 médicos do município fazem parte do quadro de 530 servidores que atuam em 12 Unidades Básicas de Saúde (UBS). Jackson Arpini enalteceu que desde o início da gestão do governo Schmidt, 13 novos médicos foram contratados. “Se contabilizarmos as baixas que tivemos desde o ano passado, o saldo é de 13 novos profissionais médicos que acenderam no serviço público de Saúde”. Outro dado interessante que Arpini revelou é o número de atendimentos realizados diariamente pelas 12 UBSs do município. “Dados de 2017 mostram que diariamente 2.200 pessoas são atendidas somente nas UBSs. Se contabilizarmos os atendimentos da UPA, CAPS, Farmácia Central e na Secretaria, o número sobe para 3.000. O levantamento feito pela Secretaria de Saúde mostra que no ano passado foram realizados 654 mil atendimentos.

Por Fábio Lazzarotto

 

Comentários estão fechados.