As 10 evidências que Schmidt será candidato a reeleição

Ao longo do seu mandato, Luiz Francisco Schmidt, vem afirmando que não concorrerá à reeleição. No entanto tem apresentado evidências claras que será candidato:

A primeira delas é que deixou para fazer inúmeras obras no final do seu governo, como o ex-prefeito Zanella orientou;

Segundo, deixou que várias pessoas do alto escalão do seu governo se apresentassem como pré-candidatos a majoritária, tirando o foco dele;

Terceiro, enquanto os pré-candidatos ficam se desgastando numa disputa entre eles, Schmidt passa a margem de tudo;

Quarto, o prefeito está indo em todos os lugares onde tem evento na cidade;

Quinto, tem ido para a rua conversar com o eleitor, principalmente onde estão sendo realizadas obras do seu governo;

Sexto, está se propondo a repassar dinheiro para o Ypiranga e outras entidades;

Sétimo, está mais próximo do que nunca do ex-prefeito Zanella e, de uma forma discreta comemorou a aproximação do ex-prefeito com Mantovani;

Oitavo, quase um ano sem conversar com o Dr. Antônio Dexheimer, foi ao encontro dele;

Nono, tem procurado atrair os medebistas e o ex-prefeito Polis para conversar sobre uma futura união, mas ao mesmo tempo fica um pouco longe do MDB;

Décimo, criou um “carimbo aprovado” que tem feito parte das imagens de cada obra de recuperação ou nova.

Ou seja, o Schmidt está dando uma de quero-quero, canta num lado, enquanto consegue construir seu ninho sem que seja perturbado. Se o prefeito concorreu quando não tinha muitas condições financeiras e material humano, agora com todos os CCs e tendo onde buscar dinheiro para campanha, será que não será candidato? Schmidt só não será candidato à reeleição se Polis e Flavio Tirello, estiverem juntos. Ou, será que Schmidt poderia ser vice de alguém?

Por Egidio Lazzarotto

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais