Araújo solicita a municipalização da Avenida José Oscar Salazar

Além da difícil situação da estrutura e manutenção de diversas ruas de Erechim, questões burocráticas em algumas das vias têm tirado o sono da população. Um dos casos mais notórios é o da Avenida José Oscar Salazar, no Bairro Três Vendas, cuja gestão pertence ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), e não ao Município, o que torna mais complicadas as solicitações dos moradores da região por melhorias e demais demandas. Ciente da situação, o vereador Claudemir de Araújo (PTB) apresentou, na sessão ordinária da última segunda-feira (26), o pedido para que o Executivo gestione, junto ao DNIT, a referida via. O requerimento foi aprovado por unanimidade entre os parlamentares.

De acordo com o vereador, o pedido se trata de uma demanda antiga de moradores e comerciários da José Oscar Salazar, que enfrentam dificuldades para terem realizados seus pedidos referentes à avenida. “É uma região que necessita de melhorias em benefício da população, como redutores de velocidade e faixas elevadas, mas tem sido difícil sem o suporte da Prefeitura, daí nossa solicitação de que esta via passe a ser de responsabilidade também do Executivo”, explica Araújo, destacando, também, o fato de que as empresas estabelecidas na localidade também sofrem com o excesso de burocracia. “Muitas empresas se encontram com o alvará de funcionamento provisório no lugar do definitivo, o que acaba sendo um transtorno a mais”, completa.

Araújo ainda ressalta a importância que a José Oscar Salazar tem para a região, já que é uma avenida de intenso fluxo de veículos e com inúmeros estabelecimentos. “A avenida é extensa, de grande trafegabilidade, e deve-se levar em consideração a quantidade de empresas, comércios, bancos, lojas e escolas que estão situados na mesma, além de ela servir de acesso a outros bairros e municípios de nossa região”, afirma o edil.

Comentários estão fechados.