Comitê Covid realiza reunião extraordinária

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Na manhã desta quinta-feira (28) o Comitê Covid esteve reunido de forma extraordinária para apresentar o ordenamento prioritário para vacinação de combate à doença. Estiveram presentes na condução dos trabalhos, o vice-prefeito de Erechim, Flávio Tirello, a secretária de Saúde, Eclesan Palhão e a responsável técnica do Setor de Imunização da Saúde de Erechim e coordenadora geral da Secretaria, Leila Hofmann.

O objetivo, conforme esclarece o vice-prefeito, Flávio Tirello é dar transparência ao processo de vacinação, minimizar os ruídos por demandas e definir o próximo grupo prioritário a ser vacinado, de acordo com o Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. “Nossa meta é imunizar os públicos prioritários com lisura total nos nossos atos, sem privilégios, sem indicações e com total transparência. Ao contrário de outras cidades, em Erechim nenhum agente político recebeu a vacina. Não temos essa pretensão de achar que, por sermos os gestores públicos, devemos ser imunizados. Aqui na nossa cidade se cumpre à risca o que preconiza o Plano Nacional de Imunização”, pontua o vice-prefeito.

A Secretaria de Saúde recebeu até o momento 1.274 doses da CoronaVac do Instituto Butantan e 1.060 doses da vacina da Oxford/Astrazeneca/FioCruz. Desse quantitativo foram vacinadas 1.664 pessoas dos grupos prioritários, sendo profissionais de saúde, indígenas e idosos e trabalhadores de lares de longa permanência.

Para os próximos dias, tendo em estoque 670 doses da vacina de Oxford, segue a vacinação dos profissionais da saúde conforme Nota Técnica da Secretaria Estadual da Saúde.

Para a secretária da Saúde é sempre fundamental ressaltar que as pessoas não devem se descuidar neste momento. “Estamos avançando no combate à Covid, mas esse processo será demorado. Não temos vacina para toda a população, por isso é fundamental seguir tomando as medidas de prevenção como uso de máscara, higiene das mãos e distanciamento social. Sem isso, é provável que percamos o controle sobre a doença. Já temos esses indícios em outros estados e países e temos que fazer a nossa parte enquanto sociedade. Cada um cuidando de si e do seu próximo. Unindo esforços, tomando as medidas necessárias e vacinando a população, vamos certamente vencer a Covid. Mas esse resultado depende das ações de cada um. Então façam a sua parte”, finaliza Eclesan Palhão.

Por Assessoria de Comunicação Social – ASCOM
Prefeitura Municipal de Erechim

Get real time updates directly on you device, subscribe now.