Partidos correm contra o tempo na busca de mulheres candidatas

Para atender a cota de 30% do fundo eleitoral destinado às campanhas femininas, regra do Tribunal Superior Eleitoral, os partidos de Erechim tem corrido contra o tempo. Segundo a direção dos partidos com quem consegui falar, apenas o MDB tem oito candidatas. A maioria ainda está correndo atrás de mulheres.

É mais fácil os partidos ter candidato a majoritária do que para vereadora. Sem contar que as mulheres não podem se tornar moeda de troca por falsas promessas. Não quero acreditar que isso esteja acontecendo em algumas siglas da nossa cidade.

Por Egidio Lazzarotto 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais