Cartinhas do Papai Noel dos Correios já podem ser adotadas

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Moradores de oito cidades gaúchas já podem tirar do papel os sonhos de Natal das crianças que escreveram para o Papai Noel dos Correios neste ano. Carrinhos, bonecas, gibis, lápis de cor e brinquedos musicais estão entre os pedidos enviados. Em função da pandemia, a ação solidária precisou ser adaptada e nesta edição as cartinhas com os pedidos das crianças estão sendo disponibilizadas exclusivamente pela internet.

Já a entrega dos presentes continua sendo presencial, com atenção especial aos protocolos de segurança e evitando aglomerações. Os padrinhos e madrinhas da Campanha podem levar os presentes em um dos 12 pontos de recebimento do Rio Grande do Sul. São cinco agências em Porto Alegre e as principais unidades de atendimento dos Correios de Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Pelotas, Santa Cruz do Sul, Santa Maria e Santo Ângelo.

Tanto a adoção das cartinhas quanto a entrega dos presentes podem ser feitas até o dia 11 de dezembro.

Para marcar a abertura da etapa de adoção do Papai Noel dos Correios no estado, um vídeo especial com a música tema da Campanha reúne as vozes do Coro Em CanTo. O grupo formado por empregados dos Correios foi conduzido pelo maestro Giovani Costa para lembrar que, com um gesto de solidariedade, você também pode ser um Noel. Assista ao vídeo no canal oficial da empresa no YouTube.

Adoção das cartinhas ― Exclusivamente pela internet, no endereço http://blognoel.correios.com.br. Para ter acesso às cartinhas, é preciso clicar em “Adotar Agora”, selecionar o estado e a cidade e escolher um dos pontos de entrega sugeridos. Após fazer a leitura dos pedidos, o padrinho pode escolher uma ou mais cartas para adotar. Em seguida, será necessário informar alguns dados (nome, telefone e e-mail) para registro da adoção no sistema da Campanha.

Entrega dos presentes ― Os padrinhos devem levar os presentes na agência indicada no site no momento da adoção, nas oito cidades que participam da Campanha no Rio Grande do Sul. É importante fazer uma embalagem reforçada e informar o código da carta de maneira visível e legível, para que os Correios possam identificar o destinatário correto. A entrega pode ser feita até o dia 11 de dezembro.

Campanha este ano é digital ― Em um ano tão atípico, marcado por algumas imposições como o distanciamento social, a estatal promoveu adaptações para assegurar a realização, com segurança, de um dos maiores projetos sociais do país. Para atender aos protocolos sanitários de prevenção à Covid-19 e evitar aglomerações, além da adoção, outra etapa que também passou por modificações foi o recebimento das cartinhas. No Rio Grande do Sul, as cartas já foram incluídas no sistema por instituições cadastradas que atendem crianças em situação de vulnerabilidade social.

A Campanha Papai Noel dos Correios é realizada há mais de 30 anos e ao longo desse tempo atendeu aos pedidos de mais de 6 milhões de cartinhas.

Assessoria de Imprensa Correios 

Get real time updates directly on you device, subscribe now.