Sartori e Leite: Existe uma região chamada Alto Uruguai?

Neste domingo (28) teremos o segundo turno das eleições para eleger o governador do estado, que conduzirá os destinos do Rio Grande do Sul para os próximo quatro anos. O ex-prefeito de Pelotas, Eduardo Leite (PSDB) e o atual governador do Estado, José Ivo Sartori (MDB) estão na disputa ao Palácio Piratini. No entanto, nas últimas décadas, entra e sai governador de todos os partidos, quando senta na cadeira do Palácio Piratini esquece que existe uma região chamada Alto Uruguai, que é a porteira da entrada e saída do nosso Estado. 

As condições precárias de nossas rodovias trazem dificuldades e atrasam o desenvolvimento. Temos onze municípios sem asfalto, isso sem falar na falta de ligação asfáltica com região Nordeste que congrega mais dez municípios. Prometem a duplicação da ERS 135 que liga Erechim à Passo Fundo, onde os usuários da rodovia pagam pedágio e não há investimentos. Que Erechim precisa de um novo presídio. Que temos o Hospital Santa Terezinha que atende vários municípios do Alto e Médio Uruguai, entre tantas outras reivindicações.

A população da região Alto Uruguai espera que daqui quatro anos não estejamos com as mesmas demandas. Que o novo governador, que será eleito amanhã, tenha consciência que o Rio Grande do Sul começa no Rio Uruguai e não em Passo Fundo.

 

Por Egidio Lazzarotto

Comentários estão fechados.