Encontro de contas vai colocar dinheiro nos cofres do Estado, defende Any Ortiz

A Deputada Estadual Any Ortiz (PPS) defendeu a aprovação do projeto que permite o encontro de contas entre inscritos em dívida ativa do Estado e que tenham precatórios a receber. O Projeto de Lei que tramitou na Assembleia Legislativa foi construído na mesma linha da proposta da deputada Any Ortiz entregue ao vice-governador José Paulo Cairoli em 2015. Desde então, Any vinha se reunindo com o executivo, entidades representativas, Procuradoria Geral do Estado e Secretaria da Fazenda com o intuito de aprimorar a lei aprovada pelos deputados.

A emenda constitucional número 94, promulgada pelo Congresso Nacional em 2016, autorizou os estados a fazerem a compensação dos débitos da dívida com o uso de precatórios além de determinar que os estoques dos precatórios fossem zerados até 2020.

“O projeto ajuda o Estado e quem tem a receber do governo. Ao reduzir o estoque de precatórios no encontro de contas automaticamente o Estado reduz a fila e conseguirá pagar mais rápido quem está aguardando pelos valores devidos. Além disso o projeto prevê um grande ingresso de recursos nos cofres do Estado”, disse Any Ortiz.

Hoje o Rio Grande do Sul deve em precatórios aproximadamente R$ 12 bilhões. Pela lei aprovada as empresas com débitos inscritos na dívida ativa do Estado até 25 de março de 2015 poderão compensar até 85% do valor usando os precatórios e os 15% restantes deverão ser pagos em até três vezes.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais