A 11ª Reunião Técnica Estadual de Plantas Bioativas e a 1ª Feira da Agrobiodiversidade prossegue até quinta-feira

O evento, que se encerra na próxima quinta-feira (28/09) e reúne técnicos, extensionistas rurais, profissionais de diferentes áreas do conhecimento, estudantes, professores,  realizou 16 oficinas  que prosseguem nesta quarta e quinta-feira.
Nádia agradeceu ainda a todos as parcerias envolvidas na realização do evento. Sônia destacou a forma participativa. “O evento busca ser referência de encontro, de troca de experiências e informações técnicas e atualização para qualificar as ações de plantas biotivas, em especial das plantas medicinais, condimentares e aromáticas”, afirmou ao destacar a importância do evento para a região e Estado. “É importante aproximar o saber popular do saber cientifico e também passar este resgate para as próximas gerações”.

O representante da Associação dos Municípios do Alto Uruguai (Amau), prefeito de Campinas do Sul, Neri Montepó, destacou a contribuição do evento para o resgate de plantas e até de chás. “Nós, prefeitos da região do Alto Uruguai, temos uma preocupação muito grande com a saúde pública. Por isso, é fundamental essa discussão do uso das plantas medicinais, troca de experiências”.

O diretor geral da URI, campus de Erechim, Paulo Sponchiado também ressaltou a importância desse debate. “Este evento irá contribuir muito para a reflexão e difusão do conhecimento, tanto pela escolha do tema e da qualificação dos painelistas e palestrantes, como pela extensa e qualificada programação”.

Na abertura, o diretor técnico da Emater/RS, Lino Moura, também parabenizou a organização do evento e a todos os envolvidos em nome do presidente da Emater/RS, Clair Kuhn e do secretário, Tarcisio Mineto e da Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo. “A Emater e a SDR são parceiras sempre para contribuir com o desenvolvimento rural”.

A 11ª edição é uma realização da Emater/RS-Ascar, Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) e URI Erechim. O evento conta com apoio da Prefeitura de Erechim, Universidade Fronteira Sul, Universidade Estadual do Rio grande do Sul (Uergs), Universidade de Passo Fundo (UPF), Senar, Centro de Apoio a Promoção da Agroecologia (Capa), Instituto Brasileiro da Erva-Mate (Ibramate) e Cooperativa Alfa, com o patrocínio da Secretaria da Saúde, Associação dos Municípios do Alto Uruguai (Amau), Sicredi, Fapergs e Itaipu Binacional.

Palestra
Na sequência, Lino Moura, palestrou com foco no tema plantas medicinais, conservação da diversidade biológica e cultural. O diretor técnico da Emater/RS destacou as ações e o papel da Instituição no trabalho com plantas biotivas (medicinais, aromáticas, condimentares e plantas alimentícias e não convencionais), visando resgatar e valorizar os conhecimentos tradicionais, preservar a biodiversidade, contribuir na implantação das politicas públicas e oportunizar a geração de renda para agricultores familiares. Também enfatizou as ações em vários tipos de hortos em seus aspectos econômicos (como geração de renda), antropológico, ecológico, pedagógico, e terapêutico. “Estes espaços são importantes para a difusão do conhecimento”.

Entre as ações mais específicas da Emater/RS-Ascar, citou o resgate e valorização do conhecimento sobre a identificação e uso das plantas; promoção e orientação do cultivo; proteção e a propagação das espécies de plantas; orientação sobre o uso adequado, qualificação das experiências com capacitações de técnicos e agricultores. Moura ressaltou ainda o papel da Emater/RS-Ascar na preservação da biodiversidade; contribuição na implantação da politicas públicas que garantem oportunidade de geração de renda para agricultores familiares.

Entre as vantagens e oportunidades para o cultivo das plantas biotivas, o diretor técnico exemplificou as condições de clima e solo que permitem o cultivo de diversas espécies. “Oportunidade de inovação em saúde, existência de politicas públicas federal, e estadual e municipais da implantação da fitoterapia no Sistema único de Saúde (SUS), crescimento do mercado fitoterápico. Todas as regiões do Estado são aptas para o cultivo de algumas espécies”, garantiu Moura.

Programação Completa
27 de Setembro – Plantas Medicinais na Atenção Básica
Local: Salão de Atos – Prédio 6

8h30 – Palestra: Implantação da Política Intersetorial de Plantas Medicinais e Fitoterápicos no SUS-RS
Palestrante: Farmacêutica Sílvia Czermanski – Secretaria Estadual da Saúde do RS

9h30 – Relato de Experiência: Programa Fitoterapia na Atenção Básica de Nova Petrópolis
Palestrante: Representante da Prefeitura e da Emater/RS-Ascar de Nova Petrópolis, RS

10h – Hora do Chá

10h30 – Mesa-redonda: Prescrição e qualidade de Fitoterápicos
Palestrantes: Dr. César Paulo Simionato – UFSC
Alécio dos Passos Santos – Coordenador da Farmácia Viva Itinerante/Raizeiro
Viviane Corazza – Farmacêutica e bioquímica do Centro de Saúde da Lagoa da Conceição/Florianópolis-SC

12h30 – Intervalo para almoço

13h30 – Palestra: Desenvolvimento de medicamentos fitoterápicos no Brasil: desafios e conquistas
Palestrante: Dra. Tania Mari Bellé Bresolin – UNIVALI, Itajaí/SC

15h – Hora do Chá

15h15 – Oficinas e Minicursos

17h15 – Apresentação de pôsteres de trabalhos de pesquisa e de Extensão

28 de Setembro – Plantas bioativas – cadeia produtiva

Local: Salão de Atos – Prédio 6

8h 30 – Realização do 11ª Fórum de Meio Ambiente da Juventude do Alto Uruguai
Público: Estudantes do 9º ao 3º ano do Ensino Médio
Local: a definir

8h30 – Palestra: Plantas bioativas de interesse para o manejo sanitário de agroecossistemas em transição agroecológica
Palestrante: Dr. Gustavo Schiedeck – Embrapa Pelotas

10h – Intervalo

10h30 – Palestra: Produção e comercialização de plantas medicinais no Sul do Brasil
Palestrante: Dr. Pedro Melillo de Magalhães – Unicamp – São Paulo

12h – Intervalo para almoço

13h30 – Mesa-redonda: Arranjos produtivos locais em plantas medicinais e condimentares
Participantes:
Representante da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo
Nadia Magali Farina Fiabane da Rosa – Emater/RS-Ascar, Erechim/RS
Rodrigo Strapasson – Produtor de Plantas Medicinais e Condimentares, Erechim/RS
Cecilia Cipriano Osaida – Harmonia Natural, Canelinhas/SC

15h – Hora do Chá

15h – Leitura e aprovação da Carta de Erechim

15h15 – Oficinas e Minicursos

17h – Cerimônia de Encerramento do Evento

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais