Cavaletti retoma atividades e busca funcionários demitidos durante a pandemia

Após contato telefônico, o empresário e diretor da empresa Cavaletti, Gilmar Cavaletti, trouxe boas notícias para economia de Erechim. Mas, ao mesmo tempo de preocupação sobre a retomada das atividades.

“Está havendo sim uma certa retomada, porém não podemos afirmar que é uma retomada por longo tempo ou, se é uma bolha. O que preocupa de imediato é a falta de matéria-prima. O dólar incentiva a exportação em detrimento ao mercado interno. Como nós acreditávamos na retomada, mantivemos um estoque regulador para 45 a 60 dias. Então, vamos sentir mesmo que não seja uma bolha”, relatou o empresário.

Ainda comentou que a empresa sentirá a falta de matéria-prima nos meses de outubro e novembro. “Retomamos a jornada integral no início de agosto e estamos chamando de volta alguns trabalhadores demitidos durante a pandemia, principalmente de setores mais críticos”, finalizou Cavaletti.

Por Egidio Lazzarotto

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais