Seminário debate a Economia Criativa e novas oportunidades culturais

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Dando continuidade aos trabalhos iniciados na tarde desta quinta-feira,26, no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores, participantes do Seminário “Economia Criativa: Sistemas de Culturas, Inovação, Conexões e Inclusão Produtiva”, que acontece até este sábado, acompanharam a palestra de Neidmar Alves, da NRCA Consultoria, que teve como foco o tema do seminário.

O evento é uma realização da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo, em parceria com o Conselho Municipal de Políticas Culturais e contou com a presença de representante da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul e do Ministério da Cultura – Regional Sul.

Como objetivo está em estimular, qualificar e capacitar profissionais artistas, produtores, grupos e coletivos culturais, terceiro setor, prestadores de serviços, profissionais liberais, gestores públicos, entidades culturais e educacionais, oferecendo aos participantes a oportunidade de ampliar visão e conceito referente ao empreendedorismo criativo e gestão cultural.

Os trabalhos iniciaram na quinta-feira com o painel “Fomento e as Fontes de Financiamento como política pública no RS, tendo como palestrante Rafael Balle, Diretor de Fomento da SEDACTEL.

Antes de sua exposição, Neidmar enalteceu o nível das apresentações artísticas e culturais que estão ocorrendo junto com o evento, como ressaltou o reconhecimento das ideias dentro do tema economia criativa, que no Brasil estaria vinculada a dois eixos, a da área de comunicação e da economia. No seu caso, destaca que faz parte do campo das Ciências Humanas, um novo mercado viável.

Citou o escritor italiano Domênico de Masi, que foca o tema ócio criativo. “Um homem que nos seus 81 anos de idade passa o dia inteiro trabalhando e que chega ao final do dia sem nenhum cansaço e garante que tempos de ociosidade são importantes para a reflexão, de pensar e construir novas oportunidades”.

Palestrante lamentou que o atual modelo econômico no mundo aumenta, cada vez mais, a desigualdade social. “Muitos programas foram engolidos pela roda gigante da economia. Precisamos de uma série de ações e o seminário serve para confeccionar a colcha de retalhos. Estamos em um ano eleitoral, portanto, de mudanças que deverão ocorrer. Somos um país de uma riqueza fantástica, onde as diferenças constroem”.

Neidmar esclareceu que o Sistema de Cultura é um processo de gestão e promoção de políticas públicas de cultura, em regime de colaboração de forma democrática e participativa entre os três federados, ou seja, União, Estados e Municípios e a sociedade civil, tendo por objetivo promover o desenvolvimento humano simbólico e social com pleno exercício dos direitos culturais, capacidade de produção para a economia criativa.

Neste processo passa pelo órgão Gestor, o Conselho de Políticas Culturais, Os Colegiados Setoriais, O Plano de Cultura, O Fundo Municipal, A Conferência da Cultura, Sistemas de Indicadores Culturais e Programa de Formação Qualificação.

Neste sábado as atividades iniciam às 9h até às 12h com treinamento “Mérito, Relevância e Oportunidade: O Papel do Conselho Municipal de Política Cultural”, tendo como público alvo o Conselho Municipal de Políticas Culturais. Na consultoria Neidmar Alves. Das 14h às 18h ocorre a revisão do Plano Municipal de Cultura de Erechim, tendo como público alvo a comunidade cultural de Erechim.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais