Erva-mate poderá ser consumida como alimento nas escolas de todo o país

A Portaria interministerial nº 284 definiu a erva-mate como espécie nativa brasileira com valor alimentício.  A planta será incluída no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e na Política de Garantia de Preços Mínimos para os Produtos da Sociobiodiversidade (PGPMBio). De acordo com o deputado estadual Vilmar Zanchin, que integra a Frente Parlamentar da Erva-Mate na Assembleia Legislativa, o consumo das propriedades do produto nas escolas é uma importante conquista para o setor.
 
“Tenho acompanhado de perto as demandas do setor e defendido a valorização da erva-mate e dos produtores”, disse o deputado, que lembrou do esforço da Frente Parlamentar para construir um rol de propostas que fomentem a produção no RS. Entre as ideias de incentivo, a inclusão de alimentos à base de erva-mate na merenda escolar. 
 
Na Frente Parlamentar que foi criada com o objetivo de fortalecer a cadeia produtiva de um dos produtos mais apreciados pelos gaúchos, Zanchin participou de debates e da luta por uma política nacional. “O diálogo é permanente com os representantes do setor para que, sabendo das necessidades e reivindicações dos produtores, possamos levar adiante as demandas em busca de alternativas econômicas”, salienta.  A erva-mate é essencial para o Rio Grande do Sul, que produz mais de 60% de toda a demanda nacional. 
 
Importância econômica
Segundo a Embrapa, o Brasil produz cerca de 860 mil toneladas de erva-mate verde, à frente da Argentina (690 mil toneladas) e Paraguai (85 mil toneladas). Aproximadamente, 80% da produção brasileira de erva-mate é destinada ao mercado interno (96% consumida como chimarrão e 4% na forma de chá e outros usos). A planta é cultivada em cerca de  180 mil propriedades e gera mais de 710 mil empregos diretos no país. 
 
Mercado
Existe um amplo espaço de mercado a ser conquistado pela cadeia produtiva. A cada dia aumenta o interesse do mercado internacional pelas propriedades benéficas da erva-mate. Novos produtos estão sendo desenvolvidos no estado, utilizando a planta como matéria-prima. Por isso, o apoio ao sistema de produção é essencial para tornar o setor produto competitivo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais