Soltura Experimental de Peixes é realizada no Lago da Usina Machadinho

Aconteceu na última quinta-feira (22) no lago da Usina Hidrelétrica Machadinho – Carlos Ermírio de Moraes, a Soltura Experimental de peixes. A soltura faz parte do Programa de Monitoramento e Manejo da Ictiofauna, Condicionante da Licença de Operação da Usina e foi devidamente autorizada pelo IBAMA.

A soltura foi realizada às 15h na comunidade de Arroio Bonito com acesso pelo Centro de Referência em Desenvolvimento Sustentável (CRDS) em Piratuba e contou com a presença de autoridades, bombeiros mirins, alunos do Centro de Referência e comunidade local.

Foram soltas espécies de grumatão, piava e dourados produzidos pelo Laboratório de Biologia e Cultivo de Peixes de Água Doce (LAPAD/UFSC). Os juvenis foram criados a partir da reprodução de indivíduos da primeira geração de matrizes selvagens capturados no Alto Rio Uruguai.Os peixes recapturados poderão ser consumidos, porém para o acompanhamento da pesquisa os pescadores da região receberam orientação para que após capturados, um pequeno pedaço da nadadeira seja armazenado em freezer ou congelador, para que posteriormente seja recolhida pela equipe do LAPAD/UFSC. Na nadadeira consta a marcação fluorescente nas estruturas ósseas, visível somente por microscópio, isso permitirá estimar a quantidade de peixes desta espécie presente no lago.

Para saber mais sobre o projeto ou informar sobre o recaptura dos peixes, ligue para o Centro de Atendimento à População (CAP) de Piratuba, através do telefone 0800-644-0026 (ligação gratuita).

Comentários estão fechados.