Produção de ovinos pode ser alternativa para agricultores de Severiano de Almeida

“Meu objetivo era garantir maior diversidade dos trabalhos realizados na propriedade e assegurar com isso uma renda a mais para a família”. Com esta frase, o produtor rural da linha Tigre, em Severiano de Almeida, Rudinei Vedovatto, resume o motivo por passar a investir na produção de ovinos.

Na sua propriedade, são pelos menos 500 animais em confinamento e esta produção deve ser ampliada nos próximos meses. Vedovatto investiu em um sistema de integração, recebendo da empresa, os animais, ainda jovens para a engorda. Após, tem garantia de venda e isso garante mais uma renda a propriedade.

“Comecei de maneira mais cautelosa, investindo em um barracão para abrigar os animais e também em pastagens, o que é importante para alimentação das ovelhas. E fora isso é mão de obra e cuidados que se tem que ter para garantir uma maior rentabilidade na hora da entrega”, salienta o produtor.

A produção que sai da propriedade de Vedovatto tem destino certo: o exterior. Após o abate, que é realizado em Blumenau, SC, a carne é exportada para outros países.

Com demanda crescente, esta também pode ser uma alternativa para outras propriedades no município. O Secretário de Desenvolvimento Econômico de Severiano de Almeida, Dilei Anzolin, salienta que a diversificação de atividades na propriedade pode ser um importante agregador tanto em renda, quanto na manutenção das famílias no campo.

“Somos favoráveis a esta diversidade, já que muitas das propriedades em nosso município são menores e uma única atividade nem sempre assegura a sustentabilidade do negócio. Hoje temos importantes exemplos em nosso município, de produtores que investiram em alternativas e vem tendo sucesso”, pondera o secretário.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais