Dom José destaca o Natal como manifestação do amor eterno de Deus

Domingo à noite, Dom José presidiu a missa de Natal na Catedral diocesana, acompanhado pelos padres Alvise Follador e Maicon Malacarne, respectivamente, Pároco e Vigário paroquial da mesma, do Diácono Pascoal Pozza, com o recinto lotado de participantes da comunidade local e de outras localidades em visita a familiares na cidade. A presença de número maior de fiéis do que ordinariamente se verificou também nas outras igrejas das paróquias católicas de Erexim na noite de Natal.

Durante a cerimônia, um casal com criança de poucos dias entrou e ficou em frente ao Presépio e outro casal, com filha de alguns anos levou a imagem do Menino Jesus ao presépio, que foi abençoado por Dom José.

Em sua saudação inicial da homilia, o Bispo ressaltou os leigos e leigas no ano a eles dedicado no Brasil, os encarcerados e suas famílias, os enfermos, seus familiares, cuidadoras/res, os que trabalham nos hospitais, nas casas de repouso e nas várias entidades que se ocupam da segurança pública, os que vivem à margem da nossa sociedade, mas estão presentes no coração do Pai e do seu Filho Jesus. Mencionou sentimentos e emoções que sempre marcaram e marcam a festa do Natal. Referiu-se à profecia de Isaías que previa o nascimento do Salvador, que seria luz para o povo que andava nas trevas. Destacou que o nascimento dele manifesta o amor eterno de Deus por toda a humanidade e exortou a todos a terem a atitude dos pastores de Belém que foram apressadamente à gruta ver o Menino anunciado pelo anjo e a não terem medo, como o mesmo anjo lhes pediu. Ninguém tenha medo de amar, de participar das coisas de Deus, de deixar a luz de Cristo iluminar a sua vida e que todos tenham a coragem e a disponibilidade de Maria Santíssima.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais