Cuidado para não queimar a referência do governo

A demora e incerteza do que acontecerá com o Distrito Industrial David Zorzi, na saída para Concórdia, está deixando cada vez mais empresários descrentes com a viabilização do projeto neste formato de parceria público-privada. Além de causar certa indignação por parte dos empresários que lá pretendem se instalar, o governo vai acabar queimando um dos principais nomes da gestão Schmidt, o do secretário de Desenvolvimento Econômico, Altemir Barp. Não tenho dúvida alguma que se dependesse apenas do secretário Barp, o Distrito Industrial já estaria em fase de conclusão. Mesmo que o governo não fale publicamente, um plano B para o distrito David Zorzi já está sendo discutido internamente.

 

Por Fabio Lazzarotto

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais