Cuidado para não queimar a referência do governo

A demora e incerteza do que acontecerá com o Distrito Industrial David Zorzi, na saída para Concórdia, está deixando cada vez mais empresários descrentes com a viabilização do projeto neste formato de parceria público-privada. Além de causar certa indignação por parte dos empresários que lá pretendem se instalar, o governo vai acabar queimando um dos principais nomes da gestão Schmidt, o do secretário de Desenvolvimento Econômico, Altemir Barp. Não tenho dúvida alguma que se dependesse apenas do secretário Barp, o Distrito Industrial já estaria em fase de conclusão. Mesmo que o governo não fale publicamente, um plano B para o distrito David Zorzi já está sendo discutido internamente.

 

Por Fabio Lazzarotto

Comentários estão fechados.