Ventos derrubam e arrancam árvores de grande porte em Marcelino Ramos

Mais uma vez os moradores da região do Alto Uruguai foram testemunhas da força e do poder da natureza frente ao homem. Tempestades que cheguem repentinamente e em poucos segundos são capazes de destruir o que se levou dezenas ou até centenas de anos para se construir. Os ventos fortes no final de semana deixaram rastros de destruição em várias comunidades na região de Marcelino Ramos. Imagens impressionantes, encaminhadas ao Portal de Marcelino, foram registradas na comunidade de São Caetano, na propriedade de Serginho Beal. Além de destelhamentos, danos em lavouras de milho e pomares, o vento arrancou árvores gigantes. Pelas fotos é possível ver e imaginar a força com que ele passou pela propriedade, lembrando até mesmo numa espécie de tornado pelas condições em que deixou algumas árvores que ficaram contorcidas. Outras tombaram inteiras, ficaram com as raízes de fora. Árvores de grande porte não resistiram as forças dos ventos que cairiam com facilidade. Há muitos anos não se registrava uma tempestade desta magnitude nesta região. Há relatos também de estragos em outras regiões do municípios principalmente envolvendo destelhamentos.

 

Por Marcelo Santos / Portal de Marcelino Ramos

Comentários estão fechados.