Comitê de Combate à Informalidade no Comércio apresenta a cartilha “Comércio Informal: que bicho é esse?” para toda a região

Secretários de Educação do Alto Uruguai receberam a publicação em reunião realizada na AMAU

O Comitê de Combate à Informalidade no Comércio, coordenado pelo presidente do Sindilojas do Alto Uruguai Gaúcho, Francisco José Franceschi, apresentou, na tarde desta quinta-feira, 25, em reunião realizada na AMAU, a Cartilha “Comércio Informal: que bicho é esse?” para os secretários municipais de educação de toda a Região.

O material educativo foi produzido pela Fecomércio/RS, em parceria com o Procon/RS, e ilustra, de forma simples e lúdica, inúmeras situações que podem ser provocadas pelos principais produtos falsificados disponíveis no mercado informal. O material será distribuído em todas as escolas de ensino fundamental da rede pública e privada.

PLANEJAMENTO 2018

Na última terça-feira, 23, os membros do Comitê de Combate à Informalidade no Comércio realizaram um a reunião com o objetivo de fazer o planejamento das ações para 2018. Também foi realizada uma análise das atividades desenvolvidas no ano de 2017. De acordo com o coordenador Francisco José Franceschi, a preocupação com o comércio informal é que ele atinge a todos de uma forma geral, pois afeta o mercado de trabalho e prejudica a economia como um todo, pois não há arrecadação de impostos.

“Além disso, há prejuízos para os próprios consumidores, que compram produtos sem garantia de procedência, de baixa qualidade, e com riscos inclusive à sua saúde”, explica Franceschi. Segundo ele, o público alvo da Cartilha são as crianças, porque formar consumidores conscientes de seus direitos e deveres desde a infância é tarefa fundamental para o exercício da cidadania.

Comentários estão fechados.