O que o trabalhador da indústria fará com o 13º salário

133

Acabei de realizar enquete junto aos trabalhadores de vários setores da indústria de nossa cidade, para saber o que eles irão fazer com o seu 13º salário e férias. Foram ouvidos trabalhadores das indústrias metalmecânica, balas, frigoríficos, entre outras. Só foram ouvidos trabalhadores das indústrias porque foi este o setor que mais sofreu nos últimos dois anos. Veja os dados no quadro abaixo:

 

Neste Natal, pretende gastar mais, igual ou menos que no ano passado?

Pretende gastar mais: 19%.

Pretende gastar igual: 63,34%.

Pretende gastar menos: 10%.

Ainda não sabe: 7,66%

 

O que pretende fazer com o dinheiro do 13º e férias?

Pretende viajar: 51,66%.

Pagar contas atrasadas: 23,33%.

Fazer investimentos: 10%.

Abrir uma poupança: 11,66%.

Não sabe o que vai fazer: 3,35%

 

Tem casa financiada?

Sim: 48,33%

Não: 51,67%

 

Tem financiamento ou consórcio de veículo?

Sim: 57,33%

Não: 42,67%

 

As compras serão com cartão de crédito ou crediário?

Crediário: 61,33%

Cartão: 15,21%

À vista: 11,34%

Não sabe: 12,12%

 

Detalhes da enquete

O que chamou atenção nesta enquete é o fato de que a maioria dos veículos dos trabalhadores é financiado, bem como as casas de grande parte dos casais mais jovens. Outro fato é que neste Natal os trabalhadores das indústrias estão bastante cautelosos com as compras de final de ano, para a grande maioria, os gastos devem ficar iguais a 2016, sendo que preferem comprar através do crediário das lojas, deixando o cartão de crédito como segunda opção e só usá-lo em supermercado ou numa grande promoção.

No entanto, após passarem um ano de muita pressão, não vêem a hora de tirar férias e viajar, não importa para onde. Apesar das dificuldades que muitos trabalhadores enfrentaram em 2017, poucos estão com conta atrasadas ou com restrição de crédito.

Por Egidio Lazzarotto

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.