Cadê as crianças?

452

Há poucos dias participei de uma missa de primeira eucaristia e levei um susto quando vi que apenas seis crianças estavam passando a primeira comunhão. Há até pouco tempo, este seria um momento de festa na comunidade onde ocorreu a missa e dezenas de crianças passariam a comunhão. Hoje, apenas seis. Procurei saber o motivo de tão poucas crianças, se elas estariam indo para outras igrejas, e a resposta que recebi de várias pessoas da comunidade foi que não existem mais crianças. Isso está acontecendo num bairro que tem aproximadamente vinte anos de formação.

Segundo duas professoras que estavam na missa, esta diminuição de crianças está sendo notada ainda nas séries iniciais de escolas estaduais e também nas particulares. Afinal, qual será o futuro deste imenso Brasil com a diminuição drástica de nascimentos? Será que futuramente os governos vão ter que incentivar a natalidade, como já acontece em vários países?

Por Egidio Lazzarotto

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.