A maldição do estacionamento rotativo

930

A impressão que fica é de que o estacionamento rotativo de Erechim recebeu uma maldição após deixar de ser operado por jovens aprendizes. Nunca mais deu certo. Entra e sai governo e os problemas continuam, sempre envolvendo as empresas vencedoras. Agora, depois de muitos transtornos, surge mais uma vencedora, mas ainda cabe recurso, o que pode melar tudo. Ficamos torcendo para que tudo dê certo, que não aconteçam recursos e que a empresa preste um bom serviço e acabe com todos os problemas enfrentados pelas anteriores depois que os jovens aprendizes deixaram de prestar este serviço.

Será que esta suposta maldição não teria vindo de alguma mãe cujo único alimento do seu filho vinha do dinheirinho que recebia no trabalho e do lanche que o município distribuía a estes adolescentes?

Por Egidio Lazzarotto

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.