Profissionais da saúde participam de curso oferecido pela Emater

A 4ª edição do curso de Plantas Medicinais, Aromáticas e Condimentares, com a participação de 15 profissionais da área da saúde dos municípios de Charrua, Barão de Cotegipe, Erechim e Campinas do Sul, encerrou nesta quinta-feira (24/10). O curso iniciou na segunda-feira (21/10) e foi realizado no Centro de Treinamento de Agricultores de Erechim (Cetre). Também participa do curso um estagiário de Agronomia.

O conteúdo programático, teórico e prático, com total de 28 horas/aula, é repassado por um grupo de extensionistas da Emater/RS-Ascar. Entre os temas abordados estão síntese histórica, conceitos, princípios ativos das plantas, princípios básicos na identificação botânica, metodologias de horto, políticas públicas e legislação e Boas Práticas de Fabricação (BRFs). Também integra o conteúdo o cultivo, preparos caseiros, manejo e preparo do solo e da muda, fertilidade (vermicompostagem e compostagem), Manejo Integrado de Pragas (MIP), colheita, secagem e armazenagem, entre outros. A equipe é integrada pelos extensionistas rurais e sociais Cleonice Dobrovolski, Jorge Silvano Silveira, Karen Marchetto, Marilei Battisti, Nadia da Rosa, Oberdan Scolari, Rosaine Baldissera, Rosangela Montepó, e Sandra Palavacini.

Horto – No pátio do Cetre foi implantado um Horto de Plantas Bioativas. O horto, com três metodologias didáticas (boneco fitoterápico, relógio do corpo humano e espiral), atende à legislação da Anvisa e vem sendo utilizado como uma das ferramentas no curso. As plantas medicinais, aromáticas e condimentares, dispostas na metodologia do relógio, baseiam-se no uso tradicional e no conhecimento científico, correlacionadas aos órgãos conforme a ação terapêutica de cada planta. Entre as orientações repassadas estão as formas de identificação das plantas, e o cultivo e o horário mais adequado para o consumo, de acordo com cada órgão, entre outras dicas.

Comentários estão fechados.