A história de Mogli retratada no Viaduto Rubem Berta

Para quem passa por baixo do Viaduto Rubem Berta, a primeira impressão é de curiosidade e interpretação com relação a arte que está sendo pintada nas paredes dentro do projeto de revitalização do local, numa ação do município de Erechim, através da Secretaria Municipal da Administração.

Numa segunda avaliação, constatando que o local abriga a sede do 44 Grupo de Escoteiros Tupinambás, tem-se a clara visão que os animais que estão sendo pintados representam a história de Mogli, o menino lobo, um clássico da literatura mundial que conta a história da Alcatéia de lobinhos que faz parte do trabalho realizado no escotismo mundial.

Para tanto, estão sendo retratados, além do próprio Mogli, o urso Baloo, a cobra Kaa, o elefante Hathi, a Akela, Bagheera, Raksha a mãe lobo, o tigre Shere Khan e demais personagens.

Ainda compondo o conjunto de artes, as muretas do viaduto estão recebendo pinturas sobre a história do município, desde a sua fundação, como serão pintados temas sobre as etnias que colonizaram o município e outros fatos históricos nas laterais do mesmo.

Comentários estão fechados.