Doação de Órgãos e tecidos

No dia 24 de setembro a Fundação Hospitalar Santa Terezinha de Erechim promoveu uma campanha que abordou o tema da doação de órgãos e tecidos. O Setembro verde é o símbolo da doação de órgãos, realizado em todo país, é o mês que incentiva o debate sobre a doação e o transplante de órgãos.

O verde representa a esperança de uma nova chance, de um novo renascimento, que muitas vezes para a família do doador, é um período muito difícil e confuso. O mês de setembro é lembrado pela conscientização de diversas patologias.

A Agência Transfusional da Fundação Hospitalar Santa Terezinha junto à equipe da Comissão de doação de Órgãos montaram uma tenda em frente ao setor de Internações e ao Setor de Oncologia para esclarecer dúvidas, informar e orientar a população para conscientização da importância da doação de órgãos.

Os órgãos que podem ser doados são: rins, coração, pulmões, fígado, pâncreas e também tecidos, como ossos, tendões, pele, córneas e valvas cardíacas. Ou seja, um único doador pode salvar até dez vidas. Também é possível ser doador em vida, basta estar saudável e dentro dos critérios estabelecidos para realizar a doação.

A doação de Sangue, medula óssea, rim e partes do fígado ou pulmão podem ser realizadas sem comprometer a saúde do doador. Para se tornar um doador de órgãos, basta comunicar sua família. A doação só ocorre com autorização dos parentes mais próximos. Por isso, ressaltamos a importância das pessoas conversarem com seus familiares e expressarem o desejo de se tornarem doadores após a morte.

Atualmente, a negativa familiar é o principal motivo para a não doação. O objetivo da campanha é incentivar o cidadão a declarar para seus familiares e amigos a intenção de ser um doador.

SEJA UM DOADOR DE ÓRGÃOS – A VIDA CONTINUA

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais