Ayub solicita adesão de Erechim ao Sistema de Segurança Integrada com os municípios

Criado a partir da união de esforços entre instituições federais, estaduais e municipais e a sociedade civil, o Sistema de Segurança Integrada com os Municípios (SIM) tem como finalidade combater a violência e a criminalidade no estado. Como a adesão ao programa não implica em custos ao município e pode trazer resultados expressivos, o presidente do Legislativo, vereador Rafael Ayub (MDB), solicitou na última segunda-feira (24) a adesão de Erechim ao SIM – pedido aprovado por unanimidade e que será encaminhado ao Executivo.

Com 297 municípios gaúchos aderidos ou em processo de adesão ao SIM, o parlamentar considera relevante que a principal cidade da região do Alto Uruguai também passe a fazer parte desta iniciativa. “Este sistema busca a troca de informações e a integração das tecnologias atuais e futuras, a construção em conjunto de uma doutrina única de capacitação e qualificação dos agentes das Guardas Municipais, o aprimoramento da capacidade de resposta aos chamados de urgência e emergência, bem como a otimização dos serviços de prevenção, a estruturação de serviços civis auxiliares de bombeiros e a reinserção de apenados na sociedade mediante mão-de-obra prisional”, lista Ayub.

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul (SSP), o SIM permitirá ao poder público prover melhor atendimento ao cidadão na área de segurança pública, e sua estrutura base segue sendo aperfeiçoada a partir das contribuições dos municípios que integram a iniciativa. “Justificamos ainda a adesão ao SIM uma vez que, firmado o termo, Erechim terá diversas garantias, como a priorização e otimização do Centro Integrado de Operações (CIOp)”, completa o vereador.

Comentários estão fechados.