Apesar da grande campanha na LNF, Atlântico precisa corrigir erros

A derrota do Atlântico para o Jaraguá Futsal na última terça-feira (21) pela Liga Nacional de Futsal (LNF) está longe de ser anormal ou algo para desencadear algum tipo de crise, afinal, o Galo está brigando pelas primeiras posições na tabela de classificação e entre os 19 clubes participantes, o verde rubro é o mais regular. Desde o início da LNF, a pior posição do Atlântico até então foi um quarto lugar na primeira e na sétima rodada. Campanha como esta precisa ser enaltecida, uma vez que o time comandado por Giba soma 73,8% de aproveitamento no certame nacional.

Por outro lado, existem alguns problemas que precisam ser resolvidos pelo comandante técnico do Atlântico. A maioria dos gols que o Atlântico tem tomado recentemente vem de erros nas saídas de jogo. Outra situação que precisa urgentemente ser reavaliada é a figura do goleiro linha. O Atlântico teve problemas na decisão contra o Pato Futsal, quando precisou se defender, e na partida contra o Jaraguá, quando foi preciso propor o jogo com o goleiro linha em quadra.

Estamos nos encaminhando para os últimos jogos da primeira fase e o treinador, Giba, ainda não conseguiu fazer do goleiro linha uma alternativa para mudar o placar de uma partida. Acredito que resolvendo estes dois pontos, o Atlântico é candidato a brigar por mais títulos nesta temporada, caso contrário, quedas em jogos de mata-matas serão inevitáveis.

Liga Nacional

O próximo compromisso do Atlântico pela Liga Nacional de Futsal acontece somente no próximo dia 01 de setembro, quando enfrenta o Marreco Futsal, no ginásio Arrudão, em Francisco Beltrão. Como visitante o Galo conta com a quinta melhor campanha. Em 6 jogos disputados são 3 vitórias e 3 derrotas. Já o Marreco Futsal que faz uma campanha de meio de tabela, não conta com grandes resultados dentro de seus domínios. Até então, o Marreco jogou 7 partidas em casa, venceu 4 e perdeu 3. Na classificação geral, o time de Francisco Beltrão tem apenas a nona melhor campanha como mandante. É jogo para o Atlântico pontuar.

Liga Gaúcha

Os tropeços do Atlântico na Liga Gaúcha de Futsal no período da Copa do Mundo, fizeram com que o então líder absoluto do estadual, visse seu maior rival, Carlos Barbosa, o passar e abrir uma larga vantagem de pontos. Não há mais tempo para o Galo recuperar a liderança do estadual, mas ainda existem possibilidades de confirmar a segunda melhor campanha da primeira fase. Neste sábado, 25 de agosto, às 19h, o verde rubro recebe o Bento Futsal, no Caldeirão do Galo, pela décima sétima rodada.

Por Fabio Lazzarotto

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais