Vereadora Sandra busca solução para casa de passagem para mulheres vítimas de violência de Erechim

Na próxima semana, no dia 4 de julho, será realizada no plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Erechim uma audiência pública para debater a situação do abrigo para mulheres vítimas de violência do município. Solicitada pela vereadora Sandra Picoli (PCdoB), a atividade buscará esclarecer junto ao poder público quais os empecilhos que impedem o local de operar plenamente, já que a obra foi concluída há dois anos e segue sem previsão de funcionamento. Diante deste cenário, a parlamentar visitou nesta terça-feira (25) a Casa Maria da Penha, em Passo Fundo, que presta o tipo de serviço em questão, a fim de conhecer melhor e entender como funciona uma casa de passagem.

Na ocasião, Sandra esteve acompanhada pelo secretário municipal de Assistência Social de Passo Fundo, Wilson Lill, pela coordenadora da Casa Maria da Penha, Danúbia Samora Machado, e pelas integrantes do projeto Mulheres de Salto Fernanda May e Thainara Câmara. A casa visitada, mantida com recursos municipais, abriga mulheres em situação de risco, e todas as moradoras são atendidas juridicamente disponibilizado em parceria com a Universidade de Passo Fundo (UPF). “O local funciona integrado com o Centro de Referência da Mulher e uma rede proteção ativa, onde as mulheres recebem toda assistência necessária, sem pré-julgamentos, com profissionais preparados”, destaca a vereadora, que aproveitou a oportunidade para convidar Lill e Danúbia para a audiência.

Comentários estão fechados.