Fanzines desenvolvidos em projeto abordam espaços públicos de Erechim

Acadêmicos do curso de Arquitetura e Urbanismo da UFFS também criaram publicações sobre outros temas, tendo como base os princípios da expressão gráfica

Meio de comunicação utilizado por comunidades de fãs de determinada cultura ou, ainda, um veículo alternativo para se propagar uma mensagem. Assim são os fanzines, publicações que exigem boa dose de criatividade na sua produção. Recentemente, um projeto de extensão do curso de Arquitetura e Urbanismo, da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Erechim, valeu-se dessas publicações para trabalhar, junto aos acadêmicos, temas sobre urbanidade e espaço público. As ações realizadas ainda serviram para comunicar, à comunidade erechinense, um pouco do que é abordado no curso.

Coordenador do projeto, o professor Marcos Sardá Vieira conta que os participantes fizeram os fanzines a partir de trabalhos desenvolvidos na disciplina de Expressão Gráfica 2. Os acadêmicos apresentaram, cada um, duas publicações temáticas: uma sobre a urbanidade da cidade e outra de tema livre.

Assim, foram produzidos fanzines sobre praças, patrimônio Art Déco, sobre o Parque Longines Malinowski, questões de acessibilidade, o trilho do trem, entre outros. Em relação à temática livre, os estudantes trabalharam questões como a diversidade de gênero e sexualidades, violência de gênero, aborto, ansiedade, depressão, etc.

– As articulações do projeto com o curso de Arquitetura e Urbanismo são observadas em três vertentes. Primeiro, no desenvolvimento do fanzine como habilidade manual para o desenho e a expressão gráfica. Segundo, na reflexão sobre a urbanidade de Erechim, ao pesquisar tópicos a partir dessa temática para definir uma mensagem síntese da cidade. A última vertente seria a preparação das mensagens e a distribuição do fanzine impresso e digital como uma forma de comunicação, estabelecida entre os estudantes e a população erechinense – explica o professor Marcos.

Mais de 100 fanzines foram produzidos ao longo do projeto, iniciado no ano passado. Depois de passarem por uma avaliação, algumas publicações foram impressas e distribuídas no dia 28 de maio. O professor Marcos e os estudantes Arthur Telles, Ana Raphaela Proença, Eloá do Carmo, Julia Tosetto, Milena Fonseca, Robson da Paz e Samara Baggiotto entregaram os fanzines no Centro de Erechim, na Avenida Maurício Cardoso, e, à noite, no Campus da UFFS, aproveitando a Semana Acadêmica do curso de Filosofia, em que foram discutidas as temáticas da estética e da arte.

Quem quiser conhecer mais sobre o projeto pode acessar o blog e também o perfil no Instagram: https://discursosdeurbaniz.wixsite.com/fanzineuffs e www.instagram.com/fanzines_uffs/.

O projeto de Extensão “Discursos de urbanidade no fanzine” é parte do programa de Extensão “Reflexões urbanas”. Também colaboraram as professoras Renata Franceschet Goettems, Ana Luiza Valadão Freitas Geremias e Angela Favaretto.

Comentários estão fechados.